Sindicato dos Servidores entrega reivindicações ao prefeito Jô

Sindicato dos Servidores entrega reivindicações ao prefeito Jô

legenda: Atraso dos salários faz parte dos assuntos a serem tratados com o novo governo

Fonte da Foto: Internet

O Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Avaré e Região deu início, nesta semana, à sua nova plataforma de negociações com o Governo de Avaré, agora comandado pelo prefeito Joselyr Benedito Costa Silvestre. Com o final do prazo dado para estabilização – os chamados 100 Dias – previsto para o próximo dia 10 de abril, a entidade classista se antecipou e protocolou uma lista de solicitações referentes a problemas cotidianos dos servidores.

“A pauta da reunião já era conhecida pelo prefeito anterior, Poio Novaes, mas os pedidos não foram levados em consideração em nenhum momento. Esperamos que agora, com a renovação vista no cargo, a atitude seja diferente”, destacou Leonardo do Espírito Santo, presidente do sindicato. Dentre os principais pontos do documento registrado estão referências ao Plano de Cargos e Salários, atualização do estatuto do servidor, discussão sobre as regras do Vale Transporte, revisão dos salários e do Vale Alimentação, além da criação de um regimento interno para o Pronto Socorro, antiga solicitação dos trabalhadores daquele setor. Ao todo, são 14 itens priorizados neste primeiro momento. “Outros pontos julgados importantes são o pagamento de plantão, aos funcionários do SAMU, quando os mesmos realizam serviços durante feriados e/ou pontos facultativos, de horas a 100%, e o correto pagamento do Adicional Noturno, tanto para os estatutários quanto aos da CLT, uma vez que a Prefeitura teima em não fazer a redução da hora-relógio”, afirmou.

O sindicalista também comentou quanto aos constantes atrasos no repasse dos salários. “Como explicado anteriormente, demos um prazo para o novo Governo entender a real situação da Prefeitura e nos oferecer soluções viáveis para os mesmos, acontecimento que pretendemos registrar a partir dos próximos dias. Nossa intenção (referindo-se aos atrasos nos salários) é voltar a negociar de forma agressiva, porém pautada na Ética, passado o período de adaptação dado à atual gestão”, finalizou. 

Da Assessoria

Compartilhar:
adalgisa e toninho
Pilates
mensagem leo diego e carla
Veja Também