Prefeitura de Avaré confirma morte de bebê por meningite

Prefeitura de Avaré confirma morte de bebê por meningite

legenda: Paciente foi uma criança de um ano que foi diagnosticada com meningite bacteriana, segundo a prefeitura

Fonte da Foto: Correio Central

A Prefeitura de Avaré confirmou uma morte por meningite neste ano. Segundo a prefeitura, o paciente foi um bebê de um ano que foi diagnosticado com meningite bacteriana.

A criança ficou internada no Hospital de Unesp de Botucatu (SP), mas não resistiu e morreu no dia 19 de setembro.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico das meningites é feito por meio de exames de sangue e líquido cerebroespinhal (líquor). São eles que determinarão o tipo da doença e, com isso, a conduta que será adotada pelos médicos.

No caso das bacterianas, o tratamento é feito com antibióticos, associados ou não a corticoides, de 7 a 14 dias. A internação normalmente é necessária.

Nas virais, dependendo do agente, é preciso ministrar antivirais e corticoides por cerca de uma semana. Em geral, as pessoas são internadas e monitoradas quanto aos sinais de maior gravidade.

Por fim, nas meningites fúngicas, a prescrição é de antifúngicos por 4 a 12 semanas, também escolhidos com base no micro-organismo identificado no corpo do paciente.

Fonte: G1 Itapetininga e Região

Compartilhar:
Guardião
Veja Também