Atleta avareense busca recursos para participar de Mundial de Stand Up

Atleta avareense busca recursos para participar de Mundial de Stand Up

legenda: Aline Abad iniciou-se no Stand Up Paddle em 2013

Fonte da Foto: http://radarlitoral.com.br

Filha do empresário Flávio Abad, a atleta avareense Aline Abad Mota, hoje residente na cidade litorânea de São Sebastião, foi convocada para integrar a equipe que representará o Brasil no Campeonato Mundial de Stand Up paddle e paddleboard, o ISA World StandUp Paddle and Paddleboard 2017, que acontecerá entre os dias 1º e 10 de setembro, na Dinamarca.

O detalhe é que a atleta, convocada para a prova Race Distance, tem de pagar suas despesas. Sem condições de bancar a viagem, ela deverá desistir de participar da competição se não obtiver os recursos.

“Fiquei surpresa e feliz com a convocação. Um grande presente para os 40 anos de vida que faço neste ano. É uma oportunidade única, mas preciso buscar recursos”, afirmou ela.

Para tentar obter os recursos, ela faz uma “vaquinha on line”. Quem quiser ajudar, pode acessar o link - https://www.vakinha.com.br/vaquinha/mundial?utm_campaign=facebook

Segundo Aline, como o SUP (Stand Up Paddle) é um esporte novo, as confederações não dispõem de recursos para pagar a viagem dos atletas. O valor estimado das despesas é de R$ 8.000,00, sendo que a passagem custa cerca de R$ 5.500,00, além de U$ 250 de inscrição e igual valor para o transporte da prancha.

Carreira

Aline Abad iniciou-se no Stand Up Paddle em 2013. Logo no ano seguinte, após as etapas de Ilhabela, Niterói e Vitória, o primeiro título, campeã do Circuito Aloha Spirit Festival. A partir de então muitos pódios foram alcançados, e seus resultados lhe renderam a indicação como atleta revelação do ano para o Prêmio Aloha Spirit Awards 2014.

Tendo como meta a conquista do título brasileiro amador para o ano que se iniciava, após seis etapas (Salvador, Foz do Iguaçu, Pantanal, Ubatuba, Ibiraquera e Rio de Janeiro) o objetivo foi alcançado com êxito. Vencedora de quatro das seis etapas, a atleta sagrou-se campeã brasileira de SUP Race 2015 (amador).

Para 2016, um novo desafio, o ingresso na categoria Profissional. Mais uma vez, depois de uma campanha brilhante, a atleta finalizou a temporada como a quinta remadora mais rápida do Brasil.

Já em 2017, Aline Abad foi convocada pela Confederação Brasileira de Stand Up Paddle, a integrar a delegação brasileira que disputará o campeonato mundial da modalidade (Isa Games) na Dinamarca. Vale ressaltar que apenas duas atletas brasileiras tem o privilégio da indicação para a disputa da prova de longa distância.


Com informações do http://radarlitoral.com.br

Compartilhar:
Guardião
Veja Também