Assassino da menina Emanuelle se suicida no CDP de Cerqueira César

Assassino da menina Emanuelle se suicida no CDP de Cerqueira César

legenda: Emanuelle foi morta pelo seu algoz com 13 facadas, conforme constatou um exame da perícia

Fonte da Foto: Internet

O assassino confesso da menina Emanuelle Pestana, 8 anos, Agnaldo Guilherme Assunção, 49 anos, se suicidou no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César, onde estava preso desde a última terça-feira. Ainda não há informações sobre como ele teria tirado sua própria vida, mas existe um boletim de ocorrência na Delegacia Seccional de Polícia de Avaré.

A vítima Emanuelle foi morta com 13 facadas pelo vizinho Agnaldo que atribuiu o crime a uma vingança pessoal. A menina, que foi encontrada morta depois de desaparecer enquanto brincava em uma praça, na sexta-feira (10), foi velada e enterrada nesta terça-feira (14) em Chavantes (SP).

O corpo de Emanuelle foi encontrado na noite de segunda-feira (13) em uma área de mata na Fazenda Santana Nova, perto de um córrego, depois que Agnaldo confessou que matou a menina a facadas e apontou o local do corpo.

A perícia identificou marcas de faca nas costas e no peito da menina. O corpo de Emanuelle foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e o exame de corpo de delito deve apontar se houve abuso sexual. 

Compartilhar:
cadijaleo
ronamesmo
Veja Também