Sete dos treze atuais vereadores pretendem disputar reeleição

Sete dos treze atuais vereadores pretendem disputar reeleição

legenda: Existem ainda os indecisos que preferem se manifestar futuramente

Fonte da Foto: internet

O panorama político na cidade de Avaré não tem sido dos mais otimistas no que diz respeito ao fator reeleição. A reportagem do Jornal A Comarca entrou em contato com os 13 vereadores da atual Legislatura, indagando sobre a pretensão de cada um em disputar a reeleição no pleito eleitoral municipal de 2020.

O resultado foi surpreendente e demonstrou que a atuação política dos parlamentares não tem sido um “mar de rosas”, já que num primeiro momento praticamente todos afirmaram incerteza de seus futuros políticos. Mesmo assim, sete vereadores foram, de certa forma, taxativos em dizer que são candidatos à reeleição: Barreto do Mercado (PT), Cabo Sérgio (PSC), Adalgisa Wars (PV), Flávio Zandoná (PSC) e Marialva Biazon (PSDB), todos da oposição; e ainda os vereadores da base do prefeito Coronel Morelli (PP) e Ivan da Comitiva (PTB).

Vale ressaltar que os vereadores Flávio Zandoná e Adalgisa Ward se colocaram à disposição de prosseguirem com a vida política, seja na Câmara ou na Prefeitura. Isso significa que ambos se predispõem a disputar até mesmo o cargo der prefeito, se assim for decidido entre suas legendas e eventuais coligações.

INDECISOS - No grupo dos indecisos aparecem os vereadores Toninho da Lorsa (PSDB), Jairinho do Paineiras (PRP), Alessandro Rios (PTB) e os representantes da bancada do DEM, Estati do Bar e Roberto Araujo. Todos afirmaram que ainda estão analisando a possibilidade de disputarem a reeleição, pois ainda não se reuniram com seus respectivos partidos para discutirem a questão.

Do lado da oposição os argumentos se baseiam nas dificuldades em atuarem junto à população, já que eles não têm respaldo do prefeito Jô Silvestre em atender seus pedidos feitos através de indicações e requerimentos, sem contar nas ações judiciais que foram movidas ao longo dos últimos dois anos e que foram desgastantes e não surtiram nenhum efeito benéfico em suas carreiras políticas perante os eleitores.

Já os vereadores da situação preferiram não argumentar os reais motivos de suas indecisões, chegando até mesmo a declararem que se as eleições fossem hoje eles não seriam candidatos a reeleição. Vereadores como Alessandro Rios e Jairinho do Paineiras afirmaram que irão tomar suas decisões em conjunto com os familiares.

E finalmente a opinião do vereador Ernesto Ferreira de Albuquerque (PT), que foi feita publicamente há alguns dias atrás, durante sessão ordinária, quando afirmou que “não seria candidato à reeleição”. Entretanto, a reportagem da Comarca apurou que, embora Dr. Ernesto não seja um pretenso candidato, ele eventualmente seguiria a determinação do partido e poderia até sair candidato para auxiliar na eleição de outros candidatos petistas. 

FONTE: JORNAL A COMARCA

Compartilhar:
Guardião
Veja Também