Região de Avaré e seus destaques na educação

Região de Avaré e seus destaques na educação

legenda: Orgulho maior foi a Escola Estadual Professor Dimas Mozart e Silva, de Taquarituba, finalista do Prêmio Zayed de Energia do Futuro

Fonte da Foto: Site Governo do Estado de SP

(*) José Renato Nalini

Como fórmula de estimular alunado, Magistério e equipe gestora da Rede Pública da Educação, a Diretoria Regional de Avaré promoveu durante 2016 um acompanhamento dos projetos exitosos em todas as áreas e homenageou os destaques em solenidade realizada em 8.11.2016.

Orgulho maior da Região foi a Escola Estadual "Professor Dimas Mozart e Silva", de Taquarituba, que pela Professora Viviane Cristina Silva Ramos e uma Equipe de alunos, a final representados por Letícia Cristina de Oliveira Castro e Vinicius da Silva Ramos, foi finalista do "Prêmio Zayed de Energia do Futuro".

Concorrendo com muitas escolas dos três Continentes, a EE "Dimas Mozart e Silva" representou o Brasil com o seu projeto de sustentabilidade e o trio vencedor teve a oportunidade de conhecer Dubai, além de ter recebido Diploma do Governo do Estado de São Paulo.

A experiência dos jovens de Taquarituba, sob a liderança da Professora Viviane Cristina Silva Ramos é inspiradora para todos os demais alunos das Escolas Estaduais Paulistas. Os Emirados Árabes, instituídos pelo Sheik Zayed, têm uma grande preocupação com novas matrizes energéticas, na certeza de que o petróleo é bem finito. Investem no estímulo a que a juventude se dedique a descobrir e a criar alternativas energéticas que possam substituir a energia fóssil e premiam as melhores contribuições.

O projeto da Escola Estadual de Taquarituba é factível e interessante. Propõe a sustentabilidade de um estabelecimento escolar, que se tornará autossuficiente e prescindirá de energia produzida por combustíveis poluentes, a partir de instalação de placas fotovoltaicas, aproveitamento de águas pluviais, geração de eletricidade mediante utilização da energia despendida pelo caminhar e tantas outras possibilidades ecologicamente corretas. O fato de uma Escola Estadual do interior ter ganho a competição e representado o Brasil nesse importante certame evidencia a possibilidade de alunos da Escola Pública virem a competir em igualdade de condições com aqueles da festejada rede privada. É um incentivo a que todos os estudantes se empenhem na busca de soluções para o mundo contemporâneo, tão necessitado desse olhar de atento carinho por parte da humanidade sensível.

Avaré também conseguiu posição de destaque na OBMEP-Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, considerada a maior do mundo em número de participantes

(*) José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Assessoria de Comunicação e Imprensa

Mais informações à imprensa: (11) 2075-4610

www.educacao.sp.gov.br  www.facebook.com/educasp

www.twitter.com/educacaosp  www.flickr.com/photos/educacaosp

Compartilhar:
Guardião
Veja Também