Prefeito Jô sofre nova derrota na Câmara

Prefeito Jô sofre nova derrota na Câmara

legenda: Vereadores rejeitaram dois projetos de lei do Executivo

Fonte da Foto: O Victoriano

A relação entre o prefeito Jô Silvestre e a Câmara de Vereadores parece estar longe de se estreitar. Na noite dessa segunda-feira, 27, dois projetos de lei do Executivo, que versavam sobre a diminuição de membros em duas comissões municipais (Turismo e Trânsito), foram rejeitados e arquivados depois de muitos pronunciamentos dos vereadores.

A sensação da nova derrota do prefeito Jô Silvestre já estava no ar desde a semana passada, quando os dois projetos de lei deram entrada na Câmara e a notícia começou a desagradar a muitos, principalmente entidades de classe como a AREA (Associação Regional de Engenheiros e Arquitetos de Avaré), que enviou nota à imprensa mostrando-se indignada com a atitude do prefeito.

E na sessão dessa segunda-feira a história não poderia ser outra. Depois de muitas argumentações, a maioria contrária, os projetos foram rejeitados e arquivados pelos vereadores por unanimidade. Havia muitos pareceres contrários das comissões da Câmara, com destaque ao da Comissão de Constituição Justiça e Redação que é presidida pela vereadora Marialva Biazon (PSDB). Em sua fala antes da votação, Marialva que chegou a dizer que “o prefeito menospreza a inteligência dos vereadores”.

Até mesmo o líder do prefeito na Câmara, Coronel Morelli (PP), votou contrariamente aos projetos, mas antes argumentou que alguma coisa precisa ser feita para alterar a lei que criou as duas comissões obrigando maior participação de seus membros nas reuniões, já que o baixo quórum foi uma das justificativas do prefeito para a diminuição dos membros.

Já os vereadores petistas Ernesto Albuquerque e Barreto do Mercado pediram mais diálogo entre o Executivo e o Legislativo, principalmente em questões como essas que já somam duas derrotas do prefeito Jô Silvestre na Câmara.

Lembrando que a primeira derrota do prefeito na Câmara está relacionada a um projeto de lei que versava sobre alteração na Comissão Municipal de Cultura, o que na época provocou indignação por parte dos ativistas culturais do município.

Compartilhar:
adalgisa e toninho
Pilates
mensagem leo diego e carla
Veja Também