Prefeito diz que falta de público pesou no cancelamento do Circuíto Cultural Paulista

Prefeito diz que falta de público pesou no cancelamento do Circuíto Cultural Paulista

legenda: Evento promovido pelo governo do Estado teria sido cancelo também em outras cidades

Fonte da Foto: Google Imagens

Em nota oficial enviada à imprensa na data de hoje, 10 de março, o prefeito de Avaré, Jô Silvestre, esclareceu alguns pontos sobre o cancelamento do Circuíto Cultural Paulista, evento promovido pelo governo estadual que leva diversas atrações artísticas para várias cidades do interior e da qual Avaré estava incluída.

De acordo com o prefeito,  o Circuito Cultural Paulista é um programa de difusão cultural descentralizada do Governo do Estado de São Paulo e a ele compete livremente relacionar os municípios em que promoverá seus espetáculos. 

Destaca o prefeito que neste ano de 2017, Avaré e muitas outras localidades deixaram de ser contempladas na programação do referido circuito devido aos cortes promovidos pelo próprio governo estadual por razões econômicas.

"No caso de Avaré, o fator que pesou negativamente foi a baixa adesão do público avareense nesses eventos, uma vez que na gestão anterior faltou da parte dos dirigentes do setor empenho para divulgá-los a fim de atrair mais gente interessada", disse Jô Silvestre.

E prosseguiu dizendo que "como o Circuito Cultural é um programa executado pela organização social de cultura Associação Paulista dos Amigos da Arte (APPA), cabe a ela explicar os motivos da não-inclusão de Avaré e das outras cidades na programação de 2017".

O prefeito diz ainda que a prefeitura de Avaré permanece aberta ao diálogo e renova a sua disposição para firmar parcerias com organizações públicas e privadas a fim de garantir o acesso da população à diversidade artística. 

Sobre a importância da Cultura, o prefeito respondeu que tem prioridades com a Cultura em seu Governo, por conta disto realizou o Carnaval que é uma das maiores festas populares do nosso País. E com a realização do carnaval deixou claro que o Governo está totalmente apoiando os eventos culturais, que o mesmo geram também lazer e turismo para a cidade.

Nota da redação: Um fato inegável é que Avaré ainda está sem um secretário da Cultura que poderia se empenhar para manter o convênio com o Estado e Avaré continuar recebendo as atrações do Circuíto Cultural Paulista. Sobre a falta de empenho dos dirigentes do setor na divulgação do Circuíto na gestão anterior, o dirigente em questão é o ex-secretário da Cultura Gilson Câmara, que já foi secretário da mesma Pasta no governo de Joselyr Benedito Silvestre, pai do atual prefeito.

Compartilhar:
Guardião
Veja Também