Música perde Tavito Carvalho, patrono da Fampop de 2015

Música perde Tavito Carvalho, patrono da Fampop de 2015

legenda: Tavito Carvalho no palco do festival de Avaré em 2015

Fonte da Foto: Fernando Lopes

Morreu na manhã desta terça-feira (26), aos 71 anos, o cantor e compositor Tavito. A informação foi noticiada por um amigo do artista em uma rede social. De acordo com o comunicado, o músico lutava contra um câncer na língua. 

— Eu não queria dar esta notícia, mas a Celina me pediu pra avisar o pessoal. Com o coração estraçalhado comunico aos amigos que nosso imenso e insubstituível Tavito Carvalho acabou de partir para a grande viagem de volta ao pai. No post, o colega relatou o drama vivido pelo cantor nos últimos dias.

—  Ele descobriu um câncer embaixo da lingua. Aí foi tratar, acabaram com a boca dele, não podia beber, engolir, puseram sonda, que virou infecção, que passou para pulmão, que virou UTI e é isso.

Tavito nasceu Luís Otávio de Melo Carvalho, no dia 26 de janeiro, de 1948. Companheiro de geração de Milton Nacimento, compôs, em parceria com Ney Azambuja, o sucesso Rua Ramalhete. Como compositor, Tavito produziu discos de outras grandes nomes da música brasileira, como Marcos Valle, Renato Teixeira, Sá e Guarabira.

"Acabo de perder um amigo de verdade, e perder alguém assim é como perder um braço, ou um pedaço do coração. Na falta de palavras para definir a ausência de pessoa tão rara e especial, uma das poucas que mereceria ser chamado de Mestre, tanto pela arte, como pelo caráter, socorro-me das canções. Obrigado, Tavito. Até um dia. Fique em paz, meu grande amigo", escreveu o músico avareense Juca Novaes, em sua página pessoal no Facebook, junto a um vídeo onde os músicos dividem o palco cantando Rua Ramalhete.

Tavito chegou a presidir o júri do festival de Avaré por alguns anos. Em 2015, foi o patrono da Fampop, quando no palco recebeu uma homenagem dos amigos Clóvis Guerra (in memorian) e Juca Novaes (foto).  "Além de jurado, nosso patrono de 2015, se igualou a outros como Gil, Caetano, Milton, Djavan, Ivan, João Bosco, Caymmi, Edu Lobo, dentre muitos outros", destacou Juca Novaes, criador da Feira Avareense da Música Popular (Fampop) em 83.

Compartilhar:
Guardião
Veja Também