Lisboa, escrivão de polícia, falece em Avaré

Lisboa, escrivão de polícia, falece em Avaré

legenda: Policial estava internado na UTI de Avaré após sofrer um AVC

Fonte da Foto: Facebook

Faleceu hoje em Avaré o escrivão de polícia José Carlos Lisboa Sobrinho. Ele estava internado na UTI da Santa Casa de Misericórdia de Avaré desde que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 4 de fevereiro, após passar por uma cirurgia.

Lisboa trabalhava atualmente no Plantão Policial de Avaré. Tinha 65 anos, era o escrivão de polícia mais antigo em atividade na Delegacia Seccional de Polícia de Avaré. Ingressou na Polícia Civil em 1977, já como escrivão.

Começou a trabalhar em São Paulo e na região inicioiu na cidade de Itaí. Em Avaré, desde 1984, Lisboa exerceu suas funções no 2º Distrito Policial, 3º DP, Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e no Plantão Policial, onde estava atualmente.

Seu corpo está sendo velado no Velório Municipal e seu sepultamento ocorrerá às 17h30, no Cemitério Municipal.

mensagens
mensagens 2
Veja Também