Em nota, presidente da Câmara lamenta polêmica criada em torno da Emapa

Em nota, presidente da Câmara lamenta polêmica criada em torno da Emapa

legenda: Toninho da Lorsa convocou coletiva de imprensa para falar sobre as declarações do prefeito Jô Silvestre

Fonte da Foto: Assessoria

O presidente da Câmara Municipal de Avaré, vereador Antônio Ângelo Cicirelli, o Toninho da Lorsa (PSDB), convocou uma coletiva de imprensa no final da tarde de ontem para falar sobre a questão da Emapa. Isso ocorreu porque o prefeito Jô Silvestre (PTB), deu uma entrevista na emissora de rádio Interativa FM para falar sobre o cancelamento da festa, e em boa parte de sua fala atribuiu o episódio ao projeto de lei que foi aprovado pela Câmara na sessão da última segunda-feira.

Na coletiva de ontem à tarde, Toninho da Lorsa aproveitou para explicar com maiores detalhes à imprensa que está havendo distorções por parte do Executivo com relação à Emapa, por isso emitiu nota que segue na íntegra:

Nota à Imprensa

Aprovação do Projeto de Lei Número 112/2017, que regula a realização de eventos públicos no mês de Dezembro e dá outras providências.

Conforme amplamente noticiado pela imprensa, na noite de segunda-feira, 30, os vereadores da Câmara de Avaré aprovaram o Projeto de Lei Número 112/2017, que define os eventos públicos a serem realizados no mês de Dezembro.

Infelizmente, no dia de hoje, terça-feira, 31, a Prefeitura Municipal de Avaré, na pessoa do Sr. Prefeito Jô Silvestre, iniciou uma reação no sentido de desvirtuar os objetivos da citada lei, com o intuito de colocar sobre a Câmara o peso de sua decisão de cancelar a festa da Emapa, que ele já havia anunciado para Dezembro.

Antes de mais nada, entendemos que o sr. Prefeito, por uma questão de transparência, poderia ter democratizado a informação sobre a sua decisão, convocando uma coletiva de imprensa para explanar suas razões e ter acesso ao contraditório, representado pelas perguntas dos jornalistas de nossa cidade.

Lamentavelmente ele escolheu inicialmente a emissora em que trabalha o seu Secretário de Comunicação para expor somente sua versão dos fatos, deturpando algumas questões e com o claro intuito de colocar a população contra os vereadores.

A decisão sobre o cancelamento da festa cabe unicamente ao sr. Prefeito. Portanto, diante de tudo o que o sr. Prefeito expôs, nos utilizamos dessa Nota à Imprensa para colocarmos os seguintes pontos:

1.O Projeto de Lei Número 112/2017, ora aprovado, não impede a Prefeitura de realizar os eventos tradicionais do calendário da cidade no mês de Dezembro. Em seu artigo 1º , Parágrafo Único, prevê que eventos como a São Silvestre, Natal das Crianças, e outros eventos tradicionais continuam preservados e até incentivados;

2.Não corresponde à verdade a afirmação do sr. Prefeito que os vereadores da “oposição” são “contra a população”. Muito pelo contrário: a Câmara de Vereadores prima pelo senso de coletividade e pelo interesse público, sendo o espaço onde a população e os servidores municipais encontram para buscar a defesa de seus interesses. Sempre foi e continuará sendo assim;

3.Repudiamos integralmente a afirmação do sr. Prefeito no qual tenta colocar a culpa na Câmara pelo cancelamento da Emapa. A decisão de cancelar cabe única e exclusivamente a ele que, desde o primeiro momento em que deliberou pela festa, sequer consultou a Câmara ou o comércio da cidade, sendo este o principal prejudicado pela realização do evento no mês de Dezembro;

4.O sr. Prefeito tem os outros onze meses do ano para realizar a festa que ele deseja; inclusive não há impedimento legal para que ele o faça no mês de janeiro ou em outros meses do ano;

5.Ressaltamos ainda que outras gestões, em face das dificuldades financeiras do município, desistiram do evento, por entender que a cidade possui outras prioridades, situação que também observamos neste ano, onde o município enfrenta inúmeros problemas de infraestrutura e na Saúde, além de não cumprir sua parte na questão do reajuste dos servidores e também com dívidas junto a fornecedores e também junto a entidades sociais;

6.Lamentamos o teor das palavras do Sr. Prefeito, que parece não entender o papel da Câmara e dá a impressão de que não sabe conviver com aqueles que têm uma posição diferente da sua. Da mesma forma repudiamos todos os ataques pessoais que ele têm dirigido contra vereadores e até contra o Presidente da Câmara, o que comprova sua intenção de reduzir a qualidade do debate político e utilizar de uma forma coronelista de gestão, baseada na ofensa, na tentativa de intimidação e na disseminação de informações infundadas.

7.Fazemos questão de colocar de forma transparente e pacífica de que a Câmara de Vereadores estará sempre aberta ao debate de ideias e de propostas para melhorar a cidade. Também repudiamos a política baseada nos ataques pessoais e na tentativa de deturpar as informações corretas, como vem ocorrendo com relação a essa questão, o que só amplia as diferenças e dificulta a relação entre os Poderes, que deveria ser harmônica, porém independente.

8.Como demonstração de nosso compromisso com a Cidade de Avaré, e principalmente com sua população, a Câmara tem feito uma gestão austera para garantir o máximo de economia de seus recursos, o que deve garantir à Prefeitura a devolução de uma verba estimada em mais de R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais). Essa grande quantia poderá ser utilizada desde para pagar salários aos servidores até para ser investido na Saúde, como compra de remédios, equipamentos e ambulâncias, setores que entendemos ser prioritários em nosso município.

9.Finalmente, nos colocamos à inteira disposição não somente da Prefeitura, reiterando nossa disposição de manter íntegra a nossa relação institucional, mas também de quem tiver interesse nos devidos questionamentos a respeito da referida legislação, e para tanto pretendemos marcar uma coletiva de imprensa, para podermos oferecer aos jornalistas de Avaré todas as informações sobre esse importante assunto.

Antonio Ângelo Cicirelli

Presidente da Câmara Municipal da Estância Turística de Avaré

Compartilhar:
adalgisa e toninho
Pilates
mensagem leo diego e carla
Veja Também