Cerca de R$ 30 mil em silagem para gado estariam apodrecendo na Emapa

Cerca de R$ 30 mil em silagem para gado estariam apodrecendo na Emapa

legenda: Vereadores Adalgisa Ward e Zandoná conferem o suposto desperdício do dinheiro público

Fonte da Foto: Facebook

Durante a 50ª Exposição Municipal Agropecuária de Avaré (Emapa), realizada em dezembro do ano passado, a Prefeitura de Avaré contratou uma empresa, mediante licitação, para o fornecimento de 200 toneladas de silagem de milho em embalagens de 800 a 1.000 quilos para alimentação dos bovinos e ovinos que ficariam expostos no Parque de Exposições Fernando Cruz Pimentel, ao custo de R$ 60 mil.

De acordo com o vereador Flávio Zandoná, sobrou metade da compra realizada, ou seja, cerca de 100 toneladas (R$ 30 mil). Em fevereiro, ele e o vereador Cabo Sérgio, ambos do Partido Social Cristão (PSC), estiveram no recinto da Emapa e denunciaram a sobra da silagem, que estava armazenada de forma incorreta, exposta a ação do tempo (sol e chuva), o que poderia estragar.

"Na época sugeri ao prefeito que trocasse a silagem por ração de cachorro e doasse para as ONGs de nossa cidade que cuidam e protegem animais. Tive como resposta um não", destacou Zandoná.

Ocorre que, passados quase quatro meses de realização da Emapa, o vereador Zandoná voltou ao recinto da Emapa, acompanhado desta vez da vereadora Adalgisa Ward (Partido Verde - PV), e constatou que a situação é a mesma: a silagem continua armazenada de forma irregular. "O prefeito prefere deixar estragar a fazer uma benfeitoria para as ONGs que cuidam dos animais da cidade. Na próxima sessão estarei cobrando uma explicação, pois é inadmissível deixar apodrecer literalmente o dinheiro do povo de Avaré enquanto se falta tudo no município", finalizou o vereador.

Compartilhar:
adalgisa e toninho
Pilates
mensagem leo diego e carla
Veja Também