Câmara apresenta Moção de Repúdio à CTG por causa da baixa na represa

Câmara apresenta Moção de Repúdio à CTG por causa da baixa na represa

legenda: Esta semana o nível da represa chegou abaixo dos 13% da sua capacidade total

Fonte da Foto: Jornal A Comarca

Depois da carta de repúdio apresentada no final do ano passado por seis prefeitos de cidades banhadas pela Represa de Jurumirim, chegou à vez da Câmara Municipal de Avaré dar sequência à indignação geral que a baixa das águas do reservatório vem provocando.

Esta semana, o nível da represa chegou abaixo dos 13% da sua capacidade total, a maior baixa dos últimos 25 anos, e isso motivou o vereador Flávio Eduardo Zandoná (PSC) a apresentar uma Moção de Repúdio à empresa CTG Brasil.

“Nossa cidade tem o título de estância turística graças à represa, onde não só a prefeitura como os empresários do ramo de hotelaria fazem grandes investimentos em infraestrutura e publicidade. A baixa no nível da água também afeta o lazer e o turismo, pois os banhistas se misturam com os tocos de árvores e a prática de esportes náuticos fica praticamente impossível”, declarou Zandoná.

O requerimento pedindo a Moção de Repúdio foi aprovado na sessão de segunda-feira, 11, e segue agora para nova aprovação em Plenário que ocorrerá na próxima sessão ordinária, na setunda-feira, 18. Uma vez aprovada, a Moção de Repúdio seguirá com cópias para as câmaras municipais de todas as cidades banhadas pela Represa Jurumirim, e ainda para órgãos federais como a Agência Nacional de Águas, ministérios de Minas e Energia, Turismo e Meio Ambiente, Ministério Público, secretarias estaduais, Assembleia de SP, Câmara dos Deputados e Senando Federal.

FONTE: JORNAL A COMARCA

Compartilhar:
adalgisa e toninho
Pilates
mensagem leo diego e carla
Veja Também