Bombeiros de Avaré e região estão de sobreaviso para irem a Brumadinho

Bombeiros de Avaré e região estão de sobreaviso para irem a Brumadinho

legenda: Já foram confirmadas 157 mortes e 182 pessoas seguem desaparecidas

Fonte da Foto: Internet

Passados 15 dias de uma das maiores tragédias ocorridas no Brasil nos últimos tempos, o rompimento da barragem da mina 1 do Córrego do Feijão, na cidade de Brumadinho (MG), os bombeiros, maiores heróis nessa história pós-catástrofe, continuam na difícil e perigosa missão de localizar e resgatar corpos. Segundo estimativa do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, a onda de lama que vazou levou menos de meia hora para chegar ao último ponto, fazendo centenas de vítimas em seu percurso.

De lá para cá, equipes de bombeiros têm se revezado nos trabalhos e muitas convocações estão sendo feitas entre corporações de vários estados, principalmente de Minas, São Paulo e Rio de Janeiro. Aqui na região, segundo verificado pela reportagem da Comarca, bombeiros de Avaré, Botucatu e Piraju estão de sobreaviso e podem ser convocados a ir até Brumadinho.

SOBREAVISO - Até a tarde de quinta-feira, 7 de fevereiro, havia 157 mortes confirmadas e 182 pessoas seguiam desaparecidas. Conforme dito pelo sargento Ávila, do Corpo de Bombeiros de Avaré, o membro da corporação local de sobreaviso “não pode sair da cidade e tem que ficar na expectativa, pelo menos até por volta das 18 horas de sexta-feira, 8, quando ocorrem as convocações de bombeiros que irão integrar a equipe que substituirá a que está trabalhando no local”, explicou.

FONTE: JORNAL A COMARCA

Compartilhar:
Guardião
Pilates
Veja Também