Avareense passa a integrar famoso grupo de choro

Avareense passa a integrar famoso grupo de choro

legenda: Músico é o mais novo integrante do grupo fundado por Jacob do Bandolim

Fonte da Foto: O Globo

O Época de Ouro, grupo fundado por Jacob do Bandolim (1918-1969), em 1964, tem um novo violonista: João Camarero, de 27 anos, o mais novo do conjunto. 

Ele entra no lugar deixado por Toni Azeredo, que saiu do Época meses atrás. Aliás, o primeiro a ocupar este lugar no grupo foi Dino 7 Cordas (1918-2006), que tocou com Cartola (1908-1980).

Nascido em 1990 em Ribeirão Preto-SP, o músico pode ser considerado um avareense, já que se criou em Avaré, onde iniciou seus estudos na música aos oito anos e no violão aos quinze anos de idade.

Apontado pela crítica como um dos principais nomes da nova geração do violão brasileiro, o jovem músico estudou no Conservatório de Tatuí (2008-2009) e na Escola Portátil de Música (2011-2012), onde hoje trabalha na segunda como professor e monitor.

Como solista ou acompanhador, já atuou ao lado de grandes nomes da música em concertos e gravaçõess, como Altamiro Carrilho, Leny Andrade, Yamandu Costa, Zélia Duncan, Danilo Caymmi, Agnaldo Rayol, Elton Medeiros, Cristina Buarque, Nailor Proveta, Mike Marshall, Ademilde Fonseca, Agnaldo Rayol, entre outros.

Vencedor do Prêmio MIMO Instrumental 2015 e do Concurso Novas – 3, se apresentou em diversos países como Japão (turnê em duo com João Lyra - 2015), França (Bando do Chorão- 2009), Alemanha (turnê com a Camerata Violões e Cia, do Conservatório de Tatuí – 2008), Itália (Choro Internacional de Torino – 2008) e EUA (The Mandolin Symposium, Universidade da Califórnia – 2012 e Jazz at the Plaza, Nova Iorque - 2013).

Como compositor, tem parcerias com grandes nomes, como Paulo César Pinheiro e Cristovão Bastos. Já participou da gravação de mais de trinta discos, tocando ou exercendo a função de arranjador e diretor musical também. Na televisão, já gravou os programas de múisica ‘Ensaio’, de Fernando Faro na TV Cultura, ‘Sr. Brasil’, de Rolando Boldrin, ‘Instrumental SESC Brasil’.

Pode ser visto constantemente em Avaré, já tendo se apresentado por diversas vezes nos festivais de choro promovido pelo Clube do Choro local.

Cursinho Einsten
Veja Também